Pesquisa

Copas promove pesquisa para avaliação da saúde mental de profissionais da Segurança Pública

A Comissão Permanente de Atenção à Saúde do Profissional de Segurança Pública, Defesa Social e Justiça no Espírito Santo (Copas) promove, a partir desse mês de junho, uma grande pesquisa diagnóstico de saúde. A previsão é envolver todas as forças policiais que atuam nos 78 municípios do estado, além de servidores da área de Segurança Pública no geral.

A pesquisa tem o objetivo identificar a percepção dos riscos de adoecimento na área, pelos profissionais capixabas. Os dados serão coletados através de um questionário online, cujo tempo médio de resposta é de 50 minutos. A pesquisa diagnóstico será desenvolvida por etapas e a primeira delas será realizada na Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp).

Por meio das informações, a Comissão passará a ter um panorama sobre as condições de trabalho e de saúde dos servidores, bem como conhecer suas necessidades. O sigilo das informações é garantido pelos conselhos das categorias responsáveis pela pesquisa em questão – assistente social e psicólogo. Não haverá nenhum tipo de identificação individual, assegurando sua privacidade.

A Copas

A Copas tem como objetivo apontar e sugerir elementos que sejam vitais para a promoção da saúde dos servidores da Segurança Pública, Defesa Social e Justiça. A Comissão pretende estimular, apoiar e contribuir com a efetivação de ações e projetos que visem à prevenção da saúde e a preservação da segurança pessoal e da vida dos profissionais nessas três áreas no Espírito Santo. Além disso, o objetivo é sugerir políticas públicas que implementem ações de promoção da saúde mental e prevenção ao suicídio, promovendo e facilitando acesso a atendimento especializado.

                                                        

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard

Script LAI