História

Em 19 de outubro de 2001, a Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (SESP), em parceria com o Movimento Rio de Combate ao Crime (MOV RIO), trouxe para o Estado a experiência do Disque-Denúncia do Rio de Janeiro.

Em março de 2003, a ONG Espírito Santo Unido Contra o Crime (ESUCC) e a SESP celebraram o Convenio, estabelecendo uma parceria para o custeio das operações do Disque-Denúncia (181), incluindo pessoal, manutenção das instalações, equipamentos e materiais de consumo.

Sempre com a garantia de manter o anonimato da pessoa que denuncia, no ano de 2005 a Central Disque-Denúncia colocou a disposição do cidadão o serviço de atendimento telefônico através do número 181, que é uma ligação gratuita de qualquer município do Estado.

A parceria com a ONG se estabeleceu por uma década, quando em 2011 a SESP assumiu todas as custas do projeto. Atualmente, o Call Center da Central Disque-denúncia (181), centralizado na capital, opera 24 horas, todos os dias, com profissionais de telemarketing, devidamente treinados e capacitados, para atender os cidadãos colaboradores que utilizam o serviço em todo Estado do Espírito Santo.

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard