11/01/2018 18h36

Preso último integrante de associação criminosa que assaltava bancos em MG

A Polícia Civil, por meio da equipe da Superintendência de Polícia Prisional (SPP), prendeu nesta quinta-feira (11), em Alto Lage, Cariacica, A.C., de 20 anos. Ele é o último integrante de uma associação criminosa que assaltava bancos. O suspeito estava com mandado de prisão em aberto expedido pela Vara Criminal do município de Conselheiro Pena, em Minas Gerais. 

De acordo com o responsável pela operação, delegado Júlio Cesar de Oliveira, o mandado de prisão preventiva do suspeito foi cumprido após informações recebidas pelo Disque-Denúncia (181).

“Ele era o último foragido dessa associação criminosa que foi desarticulada em uma operação conjunta realizada com a Polícia Civil de Minas Gerais. Eles assaltavam pessoas com veículos no Espírito Santo e as usavam como escudo humano para assaltar bancos na cidade mineira de Cuparaque”, explicou o delegado.

A.C. foi encaminhado para o Centro de Triagem de Viana (CTV).

Os crimes

No dia 26 de agosto de 2016, um fazendeiro de Alto Rio Novo foi colocado no porta-malas do próprio carro e levado para a cidade de Cuparaque, no interior de Minas Gerais, para um assalto a banco. No dia 25 de novembro, um homem que estava em um veículo foi sequestrado e levado também para Cuparaque. Ele foi usado para roubar um cofre. Já no dia 16 de dezembro de 2016, o grupo sequestrou o prefeito da cidade de Pancas, sem saber quem era a vítima, e o motorista dele foi colocado no porta-malas. O prefeito foi usado como escudo no assalto. Segundo o delegado responsável pela SPP, a associação criminosa também agiu nas cidades de Colatina, Santa Teresa e Conceição do Castelo. 

Outra operação

Na terça-feira (09), quatro pessoas foram presas nos municípios da Grande Vitória. Entre os crimes estão os de homicídio, violência doméstica, estupro de vulnerável e porte ilegal de arma de fogo. 

No bairro Jucutuquara, em Vitória, foi cumprido o mandado de prisão condenatória em desfavor de F.L.S., de 46 anos pelo crime de estupro de vulnerável. A pena é de oito anos e seis meses.

No bairro Mário Cypreste, também na capital, foi detido G.A.A.S., de 53 anos, por estupro de vulnerável. Em Santana, Cariacica, foi cumprido o mandado de prisão condenatória em desfavor de E.G.L., de 39 anos, por porte ilegal de arma de fogo. A pena é de dois anos. Já no bairro Dom João Batista, em Vila Velha, A.A.B., de 26 anos foi preso pelo crime de homicídio qualificado ocorrido no dia 12 de março em 2011. F.L.S. e G.A.A.S foram encaminhados para a Penitenciária Estadual de Vila Velha V, e E.G.L. e A.A.B., para o Centro de Triagem de Viana (CTV).

Informações à imprensa

Assessoria de Comunicação Polícia Civil 

Comunicação Interna - (27) 3137-9024

Agente de Polícia Fernanda Pontes 

imprensa.pc@pc.es.gov.br

Texto: Fernanda Pontes

 

Atendimento à Imprensa 

Paula Lima: (27) 3636-1536 / 99846-1111

Leidy Mendonça: (27) 3636-9928 / 99607-2978

comunicapces@gmail.com

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard