15/02/2017 12h21

Polícia Civil conclui inquérito que apurava estupros cometidos por pastor

A equipe da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) – sob a responsabilidade do delegado Lorenzo Pazolini – concluiu, nesta terça-feira (14), os dois inquéritos que apuravam os abusos sexuais cometidos pelo pastor E.C.F., de 38 anos.

“No decorrer das investigações foi apurado que os abusos ocorriam em um local denominado ‘gabinete’, que fica no interior da Igreja, no bairro Rio Marinho, no município de Vila Velha. Durante o denominado ‘processo de libertação’ o pastor, oportunamente, informava às vítimas que elas estavam sob uma ‘obra de bruxaria ou maldição’ e aproveitava para cometer o crime", contou o delegado.

O suspeito permanece preso no Centro de Triagem de Viana (CTV). O delegado explicou que foi representada pela prisão preventiva devido às diversas ameaças dirigidas às vítimas e seus familiares, durante a tramitação do procedimento investigativo. “Caso condenado, ele  poderá receber uma pena de até 15 anos de reclusão por cada uma dos crimes cometidos”, afirmou.

 

Assessoria de Comunicação Polícia Civil 
Comunicação Interna - (27) 3137-9024
Agente de Polícia Fernanda Pontes - (27) 98849-2310
imprensa.pc@pc.es.gov.br 
Texto: Fernanda Pontes

Atendimento à Imprensa - (27) 3636-1536
Paula Lima (27) 99846-1111

Marina Galvêas (27) 98802-3326
comunicapces@gmail.com

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard