10/07/2017 17h04 - Atualizado em 11/07/2017 10h31

‘Capacitar para Transformar’ inicia segundo módulo

Agentes de segurança pública reunidos para pensar a formulação de políticas sobre essa área e debater formas de ampliar a participação da sociedade neste processo. Essa é a proposta do segundo módulo do projeto ‘Capacitar para Transformar’, iniciado nesta segunda-feira (10).

A ação é realizada pela Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp) em parceria com a Escola de Serviço Público do Espírito santo (Esesp). Nesta fase estão inscritos membros das Polícias Militar, Civil e Federal, do Corpo de Bombeiros, da Guarda Municipal do município de Serra e do Departamento Estadual de Trânsito (Detran|ES).

Este é o primeiro de um total de três encontros previstos no segundo módulo que serão conduzidos pelos docentes Karina Uchôa e Sandro Campos e realizados na sede da Esesp. O próximo momento está marcado para ocorrer no dia 17 de julho. Já o terceiro está agendado para o dia 24 do mesmo mês.

A subsecretária de Estado de Integração Institucional da Sesp, Gracimeri Gaviorno, explicou que o ‘Capacitar para Transformar’ faz parte de um projeto maior da secretaria, intitulado ‘Diálogos com a Comunidade’. O objetivo é promover uma aproximação entre a sociedade, o poder público e os agentes que realizam o trabalho de segurança nestes espaços.

“Nós entendemos a comunidade como o lugar onde vivemos, nos relacionamos, exercemos nossa espiritualidade e nossa humanidade, e onde encontro o outro exercendo a sua humanidade. É com esse espírito e esse entendimento que temos que começar essa jornada, porque cada um de nós pode construir e transformar o mundo”, disse.

Já a diretora técnica da Esesp, Sylvana Torres, deu boas-vindas aos participantes e destacou a importância dessa proposta. “Não tenho dúvidas de que esse projeto pode mudar a forma de nos vermos e de vermos o outro. Ao mudarmos essa visão, somos capazes de pensar e modificar o conjunto, a realidade e os desafios com os quais nos deparamos no dia a dia”, falou.

 

Ação na comunidade

A primeira etapa do projeto foi iniciada no município de Serra e envolveu lideranças e conselheiros comunitários de diversos bairros. Uma vez por semana eles se reuniam para se aprofundarem em um assunto diferente.

No total, foram realizadas cinco oficinas, com os seguintes temas: “O que podemos fazer juntos pela Segurança Pública”; “Diálogos de Três”; “Mobilização”; “Roda de Conflitos” e “Mão na massa”. Os momentos foram conduzidos pelas docentes Marizinha Coqueiro, Karina Uchôa, Danielle Laudino e Margarida Eugênia.

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard